Marketing odontológico: a importância das redes sociais e lives

Redes sociais e lives na Odontologia representa uma importante estratégia de marketing que vai atuar na captação e manutenção da cartela de pacientes. Alguns aspectos envolvem o uso de mídias sociais, como Facebook, Instagram e WhatsApp, e a produção de lives informativas, tanto para pacientes quanto para outros dentistas.

Tempo de leitura: 7 minutos

O mundo online tem sido o principal meio de interação entre as pessoas e, para além disso, entre profissionais e clientes dos mais diversos segmentos. Do mesmo modo é para a Odontologia: fazer marketing odontológico é uma estratégia de expansão da clínica que traz destaque frente à concorrência.

Neste contexto, o consumo de redes sociais e lives tem crescido em decorrência da pandemia de Covid-19, provocada pelo novo coronavírus. Ou seja, agora, mais do que nunca, se faz necessário que o dentista saiba a importância desses recursos para estar presente e atuante no mercado.

Confira a seguir como utilizar essas ferramentas para fazer a captação de pacientes, além de fidelizar aqueles que você já possui, sempre seguindo o Código de Ética Odontológica.

O que é produção de conteúdo no marketing odontológico?

O Marketing Digital, quando voltado para o Inbound Marketing ou “marketing de atração”, propõe estratégias não invasivas, que buscam atrair os possíveis futuros clientes, despertando seu interesse. Para tanto, a produção de conteúdo, relevante e de qualidade, é a forma mais eficaz de se fazer isso.

Estar presente nas redes sociais, seja comentando e reagindo a conteúdos de pacientes e colegas, ou produzindo e compartilhando conteúdos em seu próprio perfil profissional, é uma estratégia de marketing odontológico que permite estar em contato constante com seu público-alvo.

Por que fazer marketing odontológico?

Uma pesquisa publicada pela empresa de consultoria Kantar (março de 2020), apontou o aumento de 71% no engajamento em mídias sociais devido à pandemia. Além disso, WhatsApp, Facebook e Instagram tiveram um aumento de 40% + no uso por pessoas com até 35 anos

Estes dados ajudam a ilustrar o valor no uso dessas ferramentas para lidar com a crise, evidenciando um mundo pós-pandemia ainda mais marcado pela presença no meio virtual. Como consequência, é urgente aos profissionais que saibam como agir neste âmbito.

Assim, estratégias de marketing odontológico devem ser constantemente implementadas na clínica ou consultório odontológico, uma vez que fazer a divulgação online do seu trabalho permite que mais pessoas conheçam seus serviços, favorecendo, portanto, a captação de pacientes na Odontologia.

Como fazer marketing odontológico?

Ao produzir conteúdos na área odontológica, é preciso atentar-se a duas coisas:

  1. Como produzir conteúdo para dentistas que se relacionem com as características específicas de cada rede social e que atendam às expectativas do público-alvo;
  2. Seguir as normativas vigentes no Código de Ética Odontológica quanto à veiculação de publicidade e propaganda.

Falaremos sobre cada um destes dois pontos com mais detalhes a seguir.

Facebook

Com a pandemia, o uso geral do Facebook aumentou 37%. Essa rede é ideal para textos curtos e informativos, que podem variar entre dicas sobre higiene bucal a responder dúvidas comuns. Fotos, vídeos ou infográficos também são excelentes opções de postagens. Atente-se ao design dessas publicações, para que elas atraiam a atenção do público.

O mecanismo de compartilhamento também é de grande valia para que sejam formadas redes de indicações desses conteúdos, fazendo-os alcançarem ainda mais pessoas.

Além disso, é preciso lembrar da importância de ser sempre simpático — mantendo o profissionalismo — e responder os comentários com regularidade, valorizando a interação com os seguidores.

Também existe a possibilidade de fazer lives nessa rede, que é um mecanismo novo e está se popularizando cada vez mais. Contudo, são as lives no Instagram que estão em alta, como veremos a seguir.

Instagram

Com a intensificação do isolamento social, artistas de todo o mundo popularizaram as lives como uma forma e se posicionarem no combate contra o coronavírus ao mesmo tempo que mantêm o relacionamento contínuo com os fãs.

Em uma entrevista para o site The Wrap, um funcionário da empresa da rede social afirmou que houve um aumento em 70% na produção de lives, em decorrência da pandemia.

O mais importante destas transmissões ao vivo é a interação com os espectadores, que pode ser feita com perguntas e respostas, referindo-se a eles por seus nomes e com muita simpatia.

WhatsApp

O WhatsApp é o aplicativo de mídia social que experimenta os maiores ganhos de uso em todos os estágios da pandemia, tendo, no geral, um aumento de 40% no uso.

Essa rede representa um contato mais direto entre o profissional e o cliente: por meio de status é possível estar presente no cotidiano deste, compartilhando informações relevantes e até demonstrando as medidas que estão sendo adotadas em sua clínica ou consultório para combater o novo coronavírus.

Outro aspecto importante dessa rede é a possibilidade do acompanhamento dos tratamentos dos clientes, perguntando como está a recuperação dos procedimentos, por exemplo. Todas essas ações podem fidelizar cada vez mais os clientes e fazê-los indicar os seus serviços para mais pessoas.

Como fazer lives profissionais?

Algumas ações possuem grande peso no resultado das lives, dentre elas é possível apontar:

  • O anúncio enfático da live, que desperte a curiosidade para o conteúdo que será tratado. Essa divulgação pode ser feita em conjunto com as demais redes sociais, posts em Stories ou status do WhatsApp e assim por diante;
  • O conteúdo deve ser de interesse do público-alvo e referente à especialidade do profissional. Além disso, não deve ser muito extenso;
  • Não trate de procedimentos dolorosos, isso pode provocar receios nos espectadores;
  • Confira aspectos técnicos como a iluminação e o som, teste o ambiente gravando vídeos prévios e aprimorando a qualidade das gravações;
  • E, o mais importante — como já foi dito —, interaja com os comentários dos espectadores;
  • Ademais, o YouTube também é líder no assunto, por isso procure combinar as diferentes plataformas.

Com esses conteúdos, a autoridade do profissional é evidenciada, podendo torná-lo referência no mercado odontológico.

Marketing odontológico: a importância das redes sociais e lives
Marketing odontológico: a importância das redes sociais e lives

Casos de infração ética na Odontologia

Entre os principais pontos abordados pelo capítulo XVI do Código de Ética Odontológica, que trata do anúncio, da propaganda e da publicidade, compete destacar as seguintes proibições:

  • Divulgar preços, práticas sem comprovação científica ou dados do paciente sem o consentimento deste;
  • Prestar consulta ou tratamentos por meios de comunicação a distância;
  • Fazer manifestações contrárias a tratamentos prestados por outros profissionais.

Dessa forma, é preciso estar atento a esses preceitos para desenvolver os conteúdos sempre de forma ética e profissional, ao mesmo tempo que mantém contato com o público-alvo, fideliza clientes e encontra novas oportunidades.

Conclusão

Fazer marketing odontológico é a chave para colocar sua marca à frente no mercado. Quanto maior o público atingido, maiores as chances de conhecerem seu trabalho e, assim, tornarem-se seus pacientes.

Produzir conteúdos para redes sociais como posts informativos e lives, além de trocar experiências com usuários da rede são estratégias excelentes para a divulgação da sua clínica e, consequentemente, para a captação de pacientes.

Por isso, esteja atento aos formatos de cada mídia e também às regras vigentes no Código de Ética Odontológica pertinentes à divulgação midiática. Assim você poderá produzir conteúdos de qualidade e valor, seguindo à legislação e atendendo aos interesses do seu público.

Quer saber mais sobre como otimizar os resultados da sua clínica? Assine nossa Newsletter e fique por dentro das novidades do mercado odontológico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *